22 de ago de 2009

Volks completa 50 anos em S.Bernardo

Inauguração oficial da fábrica no município contou com a presença do presidente Juscelino Kubitschek
No próximo dia 18 de novembro a Volkswagen completará 50 anos de história em São Bernardo. Com 56 anos de história no Brasil, a empresa conseguiu conquistar tradição no País, primeiro a receber uma fábrica fora da Alemanha. Durante mais de meio século, a Volks ultrapassou a marca de 17 milhões de veículos montados (entre carros de passeio, comerciais leves, caminhões e ônibus). No mercado interno vendeu quase 15 milhões de veículos e exportou 2,3 milhões de unidades para mais de 50 países em todos o mundo. A inauguração da unidade no ABC foi imponente. Entre os convidados estava o então presidente da República Juscelino Kubistcheck, que desfilou em meio a multidão em um Fusca conversível. Ao lado dele estavam o governador Carvalho Pinto e os presidentes da Volks da Alemanha, Heinrich Nordhoff, e do Brasil, Friedrich Schultz-We. A foto com os quatro dentro do automóvel que consolidou a marca no País é considerada uma das mais marcantes para a montadora. A história da Volkswagen no Brasil começou em um armazém alugado na rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Foi deste local que o Volkswagen Sedan - mais tarde conhecido como Fusca - começou a ser montado com peças importadas da Alemanha e com o trabalho de apenas 12 empregados. Somente o Gol, lançado em 1980, conseguiu superar o sucesso de vendas do lendário Fusca. Em junho de 1956 o governo brasileiro proporcionou condições favoráveis para instalação de uma fábrica no País e, imediatamente, a montadora decidiu construir a primeira unidade. O local escolhido foi São Bernardo. O primeiro modelo da marca fabricado inteiramente em território nacional foi a Kombi. Para aliviar a produção da fábrica Anchieta, em 1976 a Volkswagen inaugurou a unidade de Taubaté, então responsável pelo fornecimento de peças estampadas, injetadas e de tapeçaria. Não é à toa que São Bernardo é considerada a cidade berço da indústria automobilística.
Montadoras
Além da Volks, grandes nomes como Mercedes, Ford, Scania e Toyota completam a lista de montadoras instaladas na região.Assim como a Volks, a Toyota iniciou as atividades como montadora de veículos no bairro do Ipiranga, mas logo em seguida se mudou para São Bernardo. Uma das únicas fábricas do mundo a manter todas as operações industriais realizadas pela própria empresa, a unidade do ABC permitiu, durante quase quatro décadas de produção, o controle completo de todos os processos de montagem de um automóvel. Em janeiro de 2008 a Toyota comemorou o cinqüentenário no País, contando com mais de 3,2 mil colaboradores nas unidades de São Bernardo, Indaiatuba, São Paulo e Guaíba. O Conjunto Industrial Ford São Bernardo é a unidade em operação mais antiga da empresa, além de ser a sede administrativa. Ela abriga duas fábricas: a de carros, que atualmente produz o Novo Ka e a picape Courier, e a de caminhões. Os produtos produzidos na planta atendem não só o mercado nacional, mas também países da América do Sul, América Central e México. Já a Scania, que também já completou 50 anos no Brasil, se instalou em São Bernardo em 1962. Esta foi a primeira unidade industrial da marca fora da Suécia para a produção de caminhões, ônibus e motores. A Mercedes também é uma velha conhecida da cidade. A inauguração oficial da fábrica no município foi no dia 28 de setembro de 1956 e, assim como a Volks, também contou com a presença do presidente Juscelino Kubitschek

0 comentários: